O Supervisor da Interact Fernando Estrada coordena as atividades do BPM Week da Interact
Tempo de leitura: 3 minutos

Uma semana de aprendizado em processos. Assim será o BPM Week, um seminário intensivo sobre a metodologia BPM – Business Process Management (Gerenciamento de Processos de Negócio, em português) promovido entre os dias 17 e 21 pela Interact, empresa de pesquisa e desenvolvimento de softwares.

Representantes de Unidades e parceiros de São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Brasília, Rio Grande do Sul e até mesmo do Paraguai estão presentes. O evento ocorre na Interact Bridges, a Unidade de Pesquisa, Inovação e Internacionalização da empresa, no Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari – Tecnovates, na Univates, em Lajeado (RS).

O BPM Week da Interact busca atrelar o aprofundamento teórico com atividades práticas, exercícios dinâmicos e estudos de caso. As ações se vinculam à solução para Gestão por Processos da Interact, que integra ferramentas para gerenciar processos organizacionais, em linha com a metodologia BPM. A solução em tecnologia automatiza, mapeia e acompanha a execução e os resultados de uma organização.

O Diretor de Clientes e Serviços da Interact João Alex Fritsch deu as boas-vindas aos participantes

Motivações dos participantes

As expectativas para o BPM Week são as mais diversas. Para Hercules Alex Borges, Programador Sênior da parceira Datapar, do Paraguai, o intuito é aprofundar o conhecimento em BPM. “Há dois meses estamos implantando o BPM em nossa empresa. Essa atividade faz parte de uma mudança estratégica adotada pela Datapar”, comenta. Em abril, a Interact oficializou uma parceria com a empresa paraguaia.

A percepção de Hercules é compartilhada por João Carlos Villela, Diretor de Projetos da Unidade Interact Paraná. “O grande objetivo de fazer a viagem, vir para cá e integrar essa semana é justamente compreender o módulo SA Business Process Manager. Vejo um potencial inacreditável em termos de aplicação”, afirma. No início desse mês, uma cliente da Unidade se destacou nacionalmente com uma acreditação.

Já para Vinicius Schaffer, Analista de Negócios e Projetos da Unidade Advance SP, o objetivo principal é compreender o BPM enquanto uma solução. “A expectativa de vir para cá foi bem alta, tanto de nós quanto de nossos colegas, principalmente pela ideia de entregar a solução e não mais somente módulos. A solução é que vai prover o nosso crescimento e da Interact como um todo”, analisa. A Unidade se destaca pelos vários clientes de renome nacional e internacional no setor da saúde.

 

Comentar

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.