Tempo de leitura: 2 minutos

A Interact é a principal patrocinadora da Kotahi Tatou, equipe de canoagem de Curitiba, Paraná. No final do mês, o grupo vai participar da 16ª edição da Volta à Ilha de Santo Amaro de Canoa Polinésia (Va’a), no litoral de São Paulo. Para a prova, o time contará com 11 atletas, entre remadores e apoio.

Conforme o atleta João Carlos Villela, que também é diretor de Projetos da Unidade Interact Paraná, o nome da equipe remonta aos antigos povos do Oceano Pacífico. “Kotathi Tatou é uma expressão polinésia que significa ‘somos um’. Para mim, esse é o princípio da canoa e da nossa empresa”, explica.

A Kotahi Tatou disputará a categoria de canoas havaianas OC-6, de 46 pés para 6 remadores. No total, serão 75 km de remada em mar aberto e nos canais de Bertioga e do Porto de Santos. Na última edição, a Volta à Ilha de Santo Amaro contou 35 equipes do Brasil e do exterior.

No total, a prova possui um percurso de 75 km, com duração média de 6 horas

Va’a

A modalidade esportiva Va’a é conhecida no Brasil como canoa havaiana ou polinésia. Em tradução livre, a palavra significa justamente ‘canoa’, com origem nas línguas dos povos que habitam o Oceano Pacífico, como havaiano, samoano e taitiano. Sua origem remonta 3000 anos, quando foi utilizada para colonizar a Polinésia a partir do Tahiti, chegando ao Hawaii e à Nova Zelândia.

A canoa da equipe Kotahi Tatou possui seis lugares para remadores. Na competição desse mês, nove atletas se revezarão ao longo do percurso. A embarcação a remo possui ainda um flutuador lateral (chamado de Ama), para dar estabilidade aos praticantes.

Treinamento da equipe Kotahi Tatou from Interact Solutions on Vimeo.

Comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.